quarta-feira, 24 de maio de 2017

A atriz JOANA CÂNCIO apoia o projecto I LOVE TREES PORTUGAL

 A atriz JOANA CÂNCIO apoia o projecto I LOVE TREES PORTUGAL

Joana Câncio, tem 31 anos, é modelo e actriz, e o último trabalho que realizou em televisão foi na Novela "A Única Mulher". Joana é mãe de uma menina e adora refugiar-se na natureza.

Texto e Fotografias Zito Colaço






 Agradecimentos: Hotel Tróia Resort

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Reserva Botânica da Mata Nacional dos Medos - A Mata Encantada

Reserva Botânica da Mata Nacional dos Medos - A Mata Encantada  Falar em encantamento sabe a pouco. Deixa um sabor a tanto por dizer. As palavras não têm o ritmo dos tambores que vibram no coração da mata nem da dança dos verdes que se tocam, agarram e transpiram a plenitude, nem cheiram ao prazer de simplesmente estar presente, rodeado de vida e de garra e de satisfação em estado puro. As palavras não cabem na imensidão da luz que se entrega escancarada e se esconde de forma desconcertante em jogos perfeitos de sedução. Não há nada que se possa dizer que espelhe o mistério das raízes que atravessam a terra e o céu e o ser, nem texto nenhum que suporte o aroma e o amor e o que nos cruza e o que nos move. A mata será sempre mais do que todas as palavras.
Texto Ana Carina Sanches
Fotografias Zito Colaço





LAND ART - Guardião dos Gigantes por Zito Colaço

 LAND ART - Guardião dos Gigantes por Zito Colaço
 Porque a vida é mudança, e a mudança é movimento. E há um pedaço de arte a querer brotar das raízes mais profundas no nosso ser, que faz renascer do antigo uma nova vida na alma da mata. Uma mata que se move nos nossos sonhos e nos enraíza no melhor que o mundo tem. Na magia inesgotável das árvores Gigantes, ergue-se solenemente o seu Guardião e protetor convicto, e o perfume inebriante de cada pinheiro abraça-nos com uma cumplicidade ternurenta e inspira-nos para fazer com que o sonho comande, sempre, a vida!
Texto Ana Carina Sanches
Fotografias Zito Colaço






domingo, 23 de abril de 2017

Fonte Fria e Brazalite - No topo de Pitões das Júnias

Fonte Fria e Brazalite - No topo de Pitões das Júnias  Quando a Primavera atiça o trilho a arrebatar a sola das nossas botas de caminhada, o processo torna-se irreversível. Como é sabido, Pitões das Júnias é um Paraíso de cortar a respiração. Entrando no Carvalhal caímos como de um abismo da alma para um mundo alternativo, completamente isolado da realidade e da população, coberto com um manto de paz e felicidade pura. O percurso tem personalidade forte e emoções próprias, contagiantes, desenvolvendo em nós, e de forma simultânea, o instinto de sobrevivência e o princípio de prazer, criando uma sinergia de encantamento e superação a cada passo, sofrido e saboreado, rumo ao topo daquele mundo mágico. As cores, as pedras, as árvores, os aromas, a luz, o calor, as cabras-montês que, saltitantes, nos mostraram o caminho para a Fonte Fria, são de uma genuinidade e carisma fascinantes, onde o sentimento de pertença ao universo natural faz transbordar em nós um estado de paixão profunda pelo percurso, pelos trilhos reconhecíveis e pelos caminhos que criámos na selva de vegetação selvagem rumo ao nosso destino. Uma aventura marcante, vivida de forma muito intensa, pintada a verde e rosa, entre as várias fragas de Pitões, outeiros, prados, riachos, subidas imponentes e descidas vertiginosas, nestes 17,5 km o rondar a fronteira entre a alma lusitana e espírito galego. Foi com o coração ao rubro que privámos das paisagens de sonho recortadas no perfil de cada rochedo, com a capela de são João da Fraga a acenar ao longe, enquanto se fez perto a distância da Brasalite e da Fonte Fria, com o panorama indescritível com a beleza agridoce típica da zono barrosã.
Texto Ana Carina Sanches
Fotografias Zito Colaço
Pitões das Júnias
Outeiro do Grosal

Fraga de Brazalite e Pico da Carvalhosa

Pico da Carvalhosa








Pico da Fonte Fria
Fonte Fria e Cabras-montês em baixo






Cabra-montês


Fraga de São João ao centro e Roca Sendeia à direita
Roca Sendeia
Coto da Fonte Fria e Espanha ao fundo
Pico Fonte Fria vista de Espanha, Pitões das Júnias ao fundo à direita
Caminhada com Extensão e Duração de   -    17.5 Km - 6:00 Horas